Jacohrangers

Jacohrangers

sábado, 13 de julho de 2013

EPISÓDIO 05 - ARMADILHA ANCESTRAL

 EPISÓDIO 05 – ARMADILHA ANCESTRAL
EPISODE 05 - ANCESTRAL TRAP
挿話五 - 先祖トラップ

NO CAPÍTULO ANTERIOR DE JACOHRANGERS:

- O IMPÉRIO AKKUMA MOSTRA TODA SUA CRUELDADE AO MANTER UMA JOVEM GRÁVIDA DENTRO DO CORPO DO MONSTRO BARABATTO.
- GRAÇAS À CORAGEM DOS JACOHRANGERS, A MOÇA E BRAZILIAN TOKYO SÃO SALVAS E PAZ VOLTA A REINAR.

O QUE IRÁ ACONTECER?

Nas sombras de um tipo de ruína subterrânea, um ser animalesco recebia orientações de outra criatura maligna. Pareciam falar em um idioma de outro mundo, pois nenhuma mente da Terra poderia entender aquilo. Um bom número de soldados Kardler também estava ali.

- Monstro alienígena Karamaran (怪獣宇宙人カラマラン), comece a “Operação Maldição”!

A criatura assentiu com a cabeça.

***

Dois jovens, de aproximadamente quinze anos, conversavam animadamente em um dos parques de Brazilian Tokyo. Já havia anoitecido e o movimento naquela região da cidade era pequeno, ideal para um casal ter um pouco de privacidade.

- Finalmente, estamos sós! – ele disse.
- Sim, meu amor. Finalmente – ela respondeu.

Antes que pudessem se beijar, um barulho. Parecia o som de alguém pisando em folhas de árvores. Ambos tiveram a impressão de estarem sendo espionados. No entanto, ao se aproximarem da origem do barulho, um grito de pavor foi inevitável.
Um tipo de monstro horrível, com o corpanzil cheio de tatuagens em forma de planetas emitia um tímido raio azulado que ia envolvendo a lua. Ao notar a aproximação dos humanos, a criatura fez menção de atacá-los e começou a perseguí-los.

- Socorro! Socorro! Um monstro! – a moça gritava desesperada.

Outras pessoas ouviram aquilo e viram a perseguição, entrando em pânico também. Antes que uma confusão generalizada se formasse, o monstro recebeu um violento chute, sem nem saber de onde veio. Quando se recobrou, viu diante dele um jovem que não parecia intimidado.

- Jacoh Change!

Era Grey, o Jacohranger cinza. O herói logo começou a golpear o monstro, que também contra-atacou. Soldados Kardler surgiram subitamente, dando tempo a Karamaran de voltar a lançar seus raios à lua. Em seguida, Ghitta surgiu, golpeando o defensor da justiça com violência.

- Ghitta! O que estão tramando desta vez?
- Agora é tarde para perguntar. O monstro Karamaran acabou de ativar uma maldição ancestral que o satélite da Terra, que vocês chamam de “lua”, sempre carregou.
- Maldição ancestral?
- Veja com seus próprios olhos! – a vilã apontou para as pessoas ao redor.

E Grey viu algo terrível: todos se contorciam, enquanto seus corpos passavam por um tipo de metamorfose. Músculos ganhavam dimensões maiores, as faces adquiriam aspectos bestiais, pêlos, garras e dentes cresciam de forma incontrolada.

- Malditos! Transformaram as pessoas em lobisomens.
- Idiota! Isso é apenas o começo. Na noite de amanhã, coisas muito mais interessantes irão acontecer!

Ghitta gargalhou e sumiu, juntamente com o monstro e os soldados Kardler. Todas as tentativas do Jacohranger cinza de acalmar os lobisomens enfurecidos falharam. Sem escolha, ele regressou tão rápido quanto pôde ao quartel-general e relatou todo o ocorrido a seus colegas.

***

- É uma maldição antiga. Não pensei que funcionasse aqui na Terra – o Mestre Jacoh ia explicando – Outros planetas já tiveram problemas parecidos com seus satélites artificiais e a luz refletida por eles.
- O que? – Shira perguntou – Quer dizer que isso já aconteceu em outros planetas?
- Sim. Inclusive, mundos inteiros foram destruídos por causa disso. Com toda sua população se transformando em uma besta selvagem, a guerra entre os próprios habitantes acaba extinguindo toda a vida naquele mundo. Os malditos do Império Akkuma nem mesmo precisam agir.
- Covardes! Como podem? – era Chairo.
- São muito, muito cruéis – lacrimejava Daira.

Os Jacohrangers seguiram revoltados, tentando supor o que aconteceria na noite seguinte. Pouco pôde ser feito além de aguardar, então eles aguardaram.
Organizaram uma ronda durante o dia, sem encontrar nada suspeito, nem anormal. Quando o sol se punha, os cinco heróis e seu mestre estavam em sua base, atentos a qualquer problema. Não demorou a seus monitores serem invadidos por mensagens do Império Akkuma.

- Ghitta? – todos gritaram ao mesmo tempo.
- Heróis inúteis, vejam isto.

Era uma cena terrível. Crianças amarradas na praça principal da cidade, chorando, cercadas por pessoas transformadas em lobisomens. As bestas estavam encoleiradas, fazendo um grande esforço para se libertarem e atacarem as crianças.

- Se não vierem logo, as crianças serão devorados pelos lobisomens. Mas há uma condição: venham destransformados. Se ousarem se transformar, eu cortarei as correntes que prendem os lobisomens.

Ghitta gargalhou e a transmissão se encerrou, exibindo como última imagem o choro e o desespero das crianças.

 - É uma armadilha! – disse o Mestre Jacoh – Se vocês forem destransformados serão amaldiçoados e vão se tornar lobisomens.
- Deve haver algo que possa ser feito! – era Shira.
- Não temos muito tempo! – Murana falava com angústia.
- Alguma idéia, Mestre? – Chairo perguntou.
- Sim, eu irei à frente.

Para alguns dos novos Jacohrangers, foi uma grande surpresa a notícia de que seu mestre não era nativo do planeta Terra. Isso o fazia imune à maldição. Era a única chance que os heróis tinham.

***

O Mestre Jacoh chegou de forma furtiva, surpreendendo Ghitta ao saltar sobre ela e golpeando-a. Aquilo afastou a vilã das correntes que mantinham os lobisomens cativos. O mestre dos heróis rapidamente afastou as crianças daquele local. Naquele instante, os Jacohrangers já transformados, chegavam ao campo de batalha.

- Grey! Daira! Ajudem o Mestre Jacoh a levar as crianças a um local seguro! – a Jacohranger branca ordenou.

Os outros três defensores da justiça começaram a enfrentar os soldados Kardler. Sem precisar sacar suas armas, os Jacohrangers nocautearam todos. O monstro Karamaran começou a agredi-los com violentos socos e chutes, derrubando os heróis. Antes que pudesse feri-los mais, Grey e Daira o atacaram de surpresa.

- Hora do Jacó Cannon! – todos gritaram.

Da união das armas dos Jacohrangers, formou-se um tipo de bazuca, que expeliu uma violentíssima quantidade de energia, explodindo Karamaran em milhares de pedaços. Irritada, Ghitta, se afastou, praguejando e amaldiçoando os heróis.

Minutos mais tarde, a metamorfose que transformou humanos em lobisomens foi sendo revertida. As pessoas voltaram ao normal e o luar tornou a ter apenas e tão somente o brilho bonito que sempre teve.

- São muito, muito cruéis! – pensou em voz baixa Daira.
- Até onde eles serão capazes de ir para alcançarem seus objetivos? – Shira perguntou a si mesma – Como podem não ter nenhum tipo de respeito pela vida e pelos sentimentos humanos?
- São poderosos demais – pensava Chairo – Até quando seremos capazes de detê-los?
  つづく
NO PRÓXIMO CAPÍTULO DE JACOHRANGERS:

Chairo conhece uma pessoa especial, mas a pobre moça é sequestrada por Ghitta. É preciso correr contra o tempo para resgatá-la. Não percam no próximo domingo:


EPISÓDIO 06 – O AMOR DE CHAIRO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário