Jacohrangers

Jacohrangers

domingo, 24 de novembro de 2013

EPISÓDIO 23 - REENCONTRO INESPERADO! O FLAGELO DO UNIVERSO!


EPISÓDIO 23 – REENCONTRO INESPERADO! O FLAGELO DO UNIVERSO!

NO CAPÍTULO ANTERIOR DE JACOHRANGERS:

- COM MUITA DIFICULDADE, OS JACOHRANGERS DERROTARAM O MONSTRO RIZZARDO. MESMO ASSIM, O ROBÔ CRUZADOR PRECISARÁ DE REPAROS ATÉ ESTAR CEM POR CENTO PRONTO PARA BATALHAR.
- OS JACOHRANGERS PARTEM RUMO AO DEPARTAMENTO ESPACIAL DE DEFESA, QUE ESTÁ SOB ATAQUE. LÁ CHEGANDO, FICAM SURPRESOS AO DESCOBRIREM QUEM SÃO OS INIMIGOS.

O QUE IRÁ ACONTECER?

Misudan, Aramuki e Garrett. O Flagelo do Universo. Os três vilões mais temidos em todo o espaço. Haviam abandonado a terra há poucos dias sem que seu destino ou propósitos fossem conhecidos. Agora ficava claro o que tencionavam.
A chegada dos Jacohrangers fez os vilões pararem seu combate. Os defensores do Departamento que ainda restavam estavam feridos e enfraquecidos – fatalmente morreriam, mais cedo ou mais tarde. Mas os heróis recém-chegados seriam de fato um problema.
Misudan se pôs a continuar atacando os guardiões do Departamento. Garret e Aramuki voltaram-se aos Jacohrangers. Eles não permitiriam que os heróis impedissem a destruição de todos os integrantes daquele complexo.

- Chegaram um pouco tarde, Jacohrangers! – era Garret – Mas ao menos poderão ver esta droga aqui antes de a explodirmos e a transformarmos em poeira cósmica.
- A covardia de vocês não tem limites! – Chairo praticamente gritou.
- Covardia? – Aramuki gargalhou – Covardes foram os soldados que defendiam este local, que fugiram correndo desesperados quando viram nosso poder assustador. Quando vocês se reencontrarem no inferno, poderão brigar com eles.
- Chega! – Hitomi gritou.

E batalha teve início.

***

Hitomi e Chairo atacaram Aramuki. O vilão usava seus próprios punhos e pés para golpear, dispensando qualquer uso de armas. Ele também possuía um poderoso raio ocular que o tornava ainda mais difícil de ser vencido.
Grey, Murana e Daira dispararam com suas pistolas contra Garret, que invocou um campo de força pra defletir todos os ataques. Os três heróis sacaram suas espadas e partiram então para a batalha corpo-a-corpo contra o inimigo, que usava apenas suas garras monstruosas.
Enquanto a batalha entre Jacohrangers e seus dois colegas era terrível. Misudan terminava de exterminar os defensores do Departamento Espacial de Defesa. Com suas violentas rajadas, ele foi ceifando as vidas restantes. Alguns tentaram fugir, mas não tiveram chance. Em poucos minutos, todos estavam mortos.
O Jacohranger marrom e a bege atacavam com suas espadas. Aramuki desviava-se com facilidade, ainda que não conseguisse contra-atacar. Chairo chegou a atingí-lo uma vez, todavia recebeu um soco fortíssimo como retaliação. Hitomi tentou aproveitar o desequilíbrio inimigo para uma seqüência de golpes, porém sem sucesso.
O Jacohranger cinza, a púrpura e a laranja golpeavam ao mesmo tempo, de formas diversas, procurando uma brecha na impressionante postura defensiva de Garret. Nenhum ataque parecia capaz de feri-lo, nenhuma técnica podia surpreendê-lo. Os heróis começaram a atacar menos, esperando que o inimigo tomasse a iniciativa e eles pudessem contra-atacar. No entanto, quando Garret avançou, os heróis não forma capaz de contê-lo.
Misudan aproveitou para abandonar aquele complexo e ir plantar poderosíssimos explosivos em alguns locais ainda não totalmente destruídos. Os Jacohrangers tentaram impedi-lo, mas foram detidos pelos demais membros do Flagelo do Universo. Aqueles seres malditos pareciam mais poderosos do que nunca.

- O que foi, Jacohrangers? – Aramuki perguntou – Quando lutamos na Terra, vocês eram melhores do que isto!
- Não subestime o nosso poder! – Chairo gritou em resposta.

O herói marrom e a bege se concentraram e usaram o poder de sua fúria para lutarem melhor. Os golpes passaram a sair mais perigosos e violentos. Aramuki começou a ter muita dificuldade para se defender.
Murana, Daira e Grey iniciaram alguns ataques conjuntos que exploravam suas potencialidades e dificultavam a leitura de seus movimentos. Garret não teve mais condições de se defender adequadamente e começou a ser ferido mais e mais. Procurou disparar rajadas poderosas, e então foi a vez de os heróis se esquivarem sem grande esforço.
Misudan já não podia ser mais visto. Na certa tinha realmente ido destruir o pouco que ainda restava do Departamento Espacial de Defesa. Levando em conta que todos aqueles imensos complexos estavam em ruínas, achar qualquer tipo de explosivo seria virtualmente impossível.

- Não há mais sobreviventes! – Hitomi disse a Chairo – E o lugar já foi completamente destruído. Adianta continuarmos aqui?
- Como pode dizer uma coisa dessas? Precisamos vingar as pessoas que morreram defendendo este local!
- Chairo, isto pode esperar. Precisamos sair daqui antes que tudo vá pelos ares. Lembre-se que a Terra precisa de nós.
- Ela tem razão, Chairo! – Murana gritou de longe – Brazilian Tokyo pode ser atacada a qualquer momento, e o Mestre Jacoh pode não ser capaz de defendê-la sozinho.

O Jacohranger marrom hesitou um pouco e pagou por cima recebendo uma saraivada de socos e chutes que o arremessaram longe.

- Vão fugir da luta? – Aramuki ironizou – Pensei que tivéssemos contar a acertar.
- E temos – Hitomi respondeu – Mas não faltarão oportunidades para que isto aconteça.
- Hitomi, pode haver sobreviventes aqui – Chairo se levantou – Deveríamos procurá-los e resgatá-los.
- Infelizmente, não há tempo para isso – a Jacohranger bege foi lacônica.

Lá fora, já era possível ouvir o barulho de violentas explosões. A destruição definitiva e irreversível do Departamento Espacial de Defesa era apenas uma questão de minutos.

***

Os cinco Jacohrangers se reagruparam. Hitomi pensou que Chairo tencionava todos saírem dali em grupo, mas se surpreendeu quando o viu invocar o Jacoh Cannon e apontá-lo na direção de Aramuki.

- Sairemos daqui, sim, mas não sem antes deixarmos um presente para você.

Sem muita escolha, os demais heróis também se posicionaram e depositaram toda sua energia na bazuca, resultando em uma onda de destruição potentíssima. O disparo foi efetuado e o vilão nem tentou se esquivar, pois não teve tempo. Uma explosão violenta destruir praticamente tudo que restava daquele complexo.

- Não há porque esperarmos para ver o quanto ele foi ferido – era Chairo, gesticulando aos amigos para que partissem até sua nave e abandonassem o Departamento – Vamos de uma vez.

Os Jacohrangers, minutos mais tarde, abandonavam órbita do planeta Saturno. Não sabiam ao certo o quanto tinham ferido Aramuki, e acabaram nem prestando atenção naquilo quando viram o Departamento Espacial de Defesa ser consumido por uma explosão assustadora. Nada restou daquele que era um poderoso aliado na luta contra os muitos impérios malignos que assolavam o universo.
Os heróis olhavam para trás e sentiam-se terrivelmente tristes por terem abandonado o Departamento sem ter podido ajudar mais. Daira e Murana chegaram até a lacrimejar.

- Pessoal! – era Chairo – Jacohrangers, agora eu preciso que vocês parem de olhar para trás. Nós ainda temos uma missão a cumprir. E ela não será nada fácil.
- Tem razão! – Hitomi respondeu.

Fizeram a viagem de volta frustrados por não terem sido bem-sucedidos. Ainda tiveram o desprazer de reencontrarem o Flagelo do Universo apenas para constatarem que o universo seguia padecendo sob as mãos impiedosas deles. Ao menos, se é que servia de consolo, puderam ferir (bastante, eles torciam) o maldito Aramuki.

- O momento de voltar a batalhar contra eles chegará mais cedo ou mais tarde! – disse Daira – E então nós vingaremos não apenas o pessoal do Departamento Espacial de Defesa, mas todas as vítimas daqueles desgraçados.

Logo os Jacohrangers chegaram. Mestre Jacoh ouviu com atenção e pesar o relato detalhado que lhe fizeram. Por um instante, ele ficou sem saber o que dizer. Pelo menos, Brazilian Tokyo não tinha sido atacada na ausência deles.

NO PRÓXIMO CAPÍTULO DE JACOHRANGERS:

Uma diminuta nave espacial chega a Terra e logo é atacada por soldados Kardler e por um novo monstro. Serão aliados ou inimigos? O que querem na Terra. Não percam no próximo domingo:


EPISÓDIO 24 – UMA VISITA DOS CONFINS DA GALÁXIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário