Jacohrangers

Jacohrangers

domingo, 1 de junho de 2014

EPISÓDIO 48 - O FIM DO FLAGELO DO UNIVERSO



NO CAPÍTULO ANTERIOR DE JACOHRANGERS:
- OS DOZE JACOHRANGERS LUTAM JUNTOS CONTRA OS ÚLTIMOS MONSTROS EM UM CONFRONTO GIGATESCO E TERRÍVEL. OS HERÓIS TRIUNFAM, MAS O IMPERADOR GOKI INVOCA NOVOS MONSTROS.
- OS CINCO ROBÔS GIGANTES DOS HERÓIS ENFRENTAM DOIS MONSTROS MAIS O RECÉM-CURADO FLAGELO DO UNIVERSO, ENQUANTO O JACOHRANGER MARROM E O VERMELHO FICAM NO CHÃO CONFRONTANDO O IMPERADOR GOKI.
O QUE IRÁ ACONTECER?

O Gigante Guerreiro Jacohlossal, comandado por Japa e Paty, confrontava um monstro gigantesco. A criatura disparava raios, que explodiam no Escudo Jacohlossal e emitiam chispas por todos os lados. Enquanto se defendia, o robô dos heróis da primeira geração ia avançando. Com a outra mão, a máquina de batalha sacou a Espada Jacohlossal e começou a talhar e retalhar o monstro.
O ser foi ao chão, mas assim que se levantou começou a disparar com tanta velocidade que o robô dos Jacohranger não conseguiu se defender e também foi atingido. Japa acionou o Míssil Jacohlossal, detendo os ataques inimigos. Então, de longe, ambos começaram a trocar ataques à distância, projéteis de todas as naturezas colidindo no ar. Um ou outro golpe foi bem-sucedido, mas não o bastante para decidir a batalha.
- Vamos recorrer a medidas extremas! – Japa gritou.
- Vamos – Paty concordou, na falta de algo melhor a dizer.
- Golpe Fatal Final Jacohlossal! – os dois gritaram em uníssono.
O monstro foi violentamente golpeado, mas resistiu. Estava ferido e não tinha mais forças para atacar. Os dois Jacohrangers aproveitaram para seguir golpeando com a Espada Jacohlossal. Violentas estocadas foram ferindo mais e mais o ser maligno, até que o Míssil Jacohlossal pôs um fim na criatura, gerando uma imensa explosão.
Negão, Polaco e João estavam dentro do Robô Reserva. Contra a imensa máquina de defesa da justiça, outro monstro. Poderoso, movia-se atacando com caudas e garras, não permitindo defesa por parte dos heróis.
- Desse jeito, vamos perder! – João gritou.
- É sério, Capitão Óbvio? – Polaco ironizou.
O Robô Reserva foi ao chão, e mesmo caído foi violentamente atacado. Os Jacohrangers contra-atacaram com todos os recursos que tinham. O Raio Reserva serviu para afastar o inimigo. Novamente de pé, os heróis empunharam a Espada Reserva. Mas ainda era difícil evitar os golpes da criatura.
- Deve haver um padrão nos movimentos desse monstro! – Negão disse.
- Sim, ele sempre nos ataca onde não somos capazes de nos defender – era Polaco.
- Vamos usar nosso ataque mais poderoso! – a ideia era de João.
- Vamos! – todos gritaram ao mesmo tempo – Golpe Final Reserva!
O monstro foi violentamente ferido, mas, novamente, aquilo não foi o bastante. Sangrando e explodindo, a fera maligna não tinha forças para atacar com velocidade. Então vieram as estocadas da Espada Reserva, o Raio Reserva e o Míssil Reserva.
O inimigo da Terra foi ao chão e explodiu, deixando de ser um problema aos heróis. Restava apenas o flagelo do universo.

***

Haori, a Jacohranger dourada, estava dentro de seu Galactic Robô. Enfrentava o odioso Misudan, o responsável pela destruição de seu planeta e pela extinção impiedosa de seu povo. Um ser cruel, desalmado, maligno, destrutivo. Um assassino. Genocida. Nem mil universos poderiam ser maiores que o ódio que a heroína sentia.
- Chegou a hora de acabar com você, seu desgraçado.
- Não diga bobagens. Desta vez, matarei você sem me importar em te fazer sofrer antes.
Os punhos se chocavam, como se as iras medissem forças. Chutes eram aparados e contra-atacados, sem que houvesse um vencedor. Raios disparados se encontravam no ar, e ninguém era atingido. A batalha ia seguindo. Haori golpeou severamente Misudan. O vilão respondeu com outro ataque violento.
O Galactic Robô e Misudan passaram alguns minutos se ferindo até chegar ao ponto em que logo um cairia derrotado. O vilão começou a concentrar sua energia em um ataque decisivo. Haori, a Jacohranger dourada, fez o mesmo.
- Galactic Finisher! – a energia despendida era gigantesca.
Houve o choque entre as rajadas fatais dos combatentes. Quem cedesse, fatalmente morreria.
- Nós vamos ajudar! – eram os Jacohrangers verde, azul, amarelo, preto e rosa. O Gigante Guerreiro Jacohlossal e o Robô Reserva haviam se fundido, gerando o Robô Supremo. Eles já preparavam o “Poder Jacóhsmico”, quando ouviram a negativa de Haori.
- Não! Deixem-me lutar sozinha. Auxiliem outra pessoa.
Os heróis da primeira geração partiram ajudar Murana e Grey no Densetsu Robotto!
- Morra, Misudan!
Movida por uma determinação que ia além de todos os limites do universo, Haori, a Jacohranger dourada fez o Galactic Robô intensificar o poder destrutivo de seu Galactic Finisher até explodir o corpo de Misudan em milhares de pedaços. Seu povo e seu planeta estavam vingados.

***

Um som vindo do interior da base chamou a atenção do Imperador Goki. Ele perdeu o interesse em Chairo e Ruivão.
- Agradeçam! Viverão por mais alguns minutos! – e disparou violentamente contra os dois Jacohrangers que foram ao chão.
Os heróis optaram por não segui-lo, preferindo usar suas energias para auxiliar seus amigos, que àquela altura batalhavam terrivelmente contra o flagelo do universo.
O Imperador Goki entrou em sua base. Uma tela mágica surgiu diante dele. Um rosto monstruoso (mais que o dele) apareceu. Uma voz grossa, de difícil compreensão, começou a urrar algo em um idioma que o líder supremo do Império Akkuma não tinha problemas para entender.
- Não pense em sair da Terra antes de tê-la destruído completamente. Se voltar aqui sem ter destruído o planeta, eu te matarei pessoalmente, Goki!
- Não se preocupe com isso!
E a conversa seguiu.

***

O Robô Supremo e o Densetsu Robotto combatiam Garak. O poder do vilão era terrível. Ambos os robôs iam para o chão com facilidade, e sempre que levantavam, caíam de novo.
- Vamos atacar por lados diferentes! – Japa sugeriu.
- Façam o que quiserem. Vocês morrerão de qualquer forma! – o vilão berrou.
Concentrando suas energias, ambos usaram seus poderes máximos em conjunto sem permitir esquiva.
- Poder Jacóhsmico!
- Densetsu Chou Ken Hi!
Garak foi feito em milhões de pedaços. Só faltava Aramuki.
Ruivão e Chairo se uniram a Hitomi e Grey no Robô Cruzador. O membro remanescente do flagelo do universo preparava um ataque decisivo. Ele parecia com pressa após saber que seu Imperador tinha sido convocado por alguém a uma reunião na base. E também após ver seus dois colegas serem destruídos. Os Jacohrangers decidiram fazer o mesmo, preparando um golpe fatal.
- Flash Sagrado dos Cosmos!
Mesmo muito ferido, Aramuki resistiu.
- Gattai! – os seis Jacohrangers da nova geração disseram ao mesmo tempo. O Densetsu Robotto, o Robô Cruzador e o Galactic Robô se uniram, formando o Great Jacoh Oh.
Naquele meio tempo, todos viram o Imperador Goki reaparecendo e emitindo um violento ataque contra a distante Brazilian Tokyo. Furiosos, os Jacohrangers usaram o “Ultimate Finisher” e destruíram definitivamente Aramuki. O flagelo do universo estava morto.

NO PRÓXIMO CAPÍTULO DE JACOHRANGERS:

Os doze Jacohrangers travam com o Imperador Goki a batalha final. Mas a crueldade do inimigo não tem limites, e os heróis são obrigados a enfrentar o maior desafio de todos. Não percam no próximo domingo:


EPISÓDIO 49 – VENHA, IMPERADOR MALDITO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário